BRASÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DO BRASÃO DE ARMAS

ESCUDO

O escudo clássico flamengo – Ibérico ou Português, era usado em Portugal na época do descobrimento do Brasil, herdado pela Heráldica Brasileira dos primeiros colonizadores e desbravadores de nossa pátria e sua adoção representa uma homenagem do Município de Cruzeiro do Sul a esses intrépidos desbravadores.

ESCUDO – PARTE SUPERIOR

Em campo branco que simboliza a paz, a pureza, a religiosidade e o espírito de ordem e trabalho de seu povo, trás em chefe à destra do escudo, um Braço de Armadura empunhando uma tocha, simbolizando heraldicamente: pulso firme e vontade férrea de vencer.

ESCUDO – PARTE CENTRAL

A parte central do escudo ou coração do escudo em azul, encontramos as cinco estrelas visíveis das cinqüenta e quatro que compõem a constelação do Cruzeiro do Sul, cuja denominação simboliza o nome do Município.

ESCUDO – PARTE INFERIOR

Na parte inferior do escudo em campo verde, o escudo é interceptado por dois rios que são os principais da região, são eles: Rio Pirapó e Rio São Francisco.
Abaixo dos rios encontramos uma buzina de caça estilo boiadeiro, representado a pecuária, uma das expressões econômicas do município.
Emoldurando o escudo temos um friso amarelo (ouro) simbolizando a riqueza do município aliada ao espírito de progresso de sua gente.

ORNAMENTOS EXTERNOS DO ESCUDO

TIMBRE

Cora mural em prata de oito torres ameadas, das quais apenas cinco são visíveis, e suas portas abertas evidenciando o caráter hospitaleiro do povo do município.

O metal prata tem o significado heráldico de amizade, trabalho, prosperidade, verdade, lealdade, nobreza e integridade.

SUPORTES

Sustentam o escudo, à destra um ramo de café e a sinistra um ramo de algodão, ambos frutados e ao natural, lembram os produtos oriundos da terra dadivosa e fértil e que constituem a base da economia do município.

LISTEL

Listel em azul dando ritmo e harmonia ao brasão, sendo o azul o mesmo do céu onde se vê o Cruzeiro do Sul.

Lendo na parte central o topônimo da cidade.

A destra a data em que Cruzeiro do Sul foi elevada a categoria de distrito e a sinistra a data em que foi elevada a categoria de Município.