SEMANA DE COMBATE AO ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR FLÁVIO SARRÃO

Durante a semana de 18 a 22 de maio de 2015, realizou-se na Escola Municipal Professor Flávio Sarrão, atividades relacionadas ao combate do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes, que envolveram vídeos, imagens, desenhos, pinturas, palestras, questionamentos e confecção de cartazes.

Com os alunos do PRÉ I (4 anos) e PRÉ II (5 anos), foi utilizado como material de referência, um livro infantil chamado: PIPO E FIFI – Prevenção da violência sexual na infância, com a realização de atividades com desenhos das pessoas na qual confiam e a confecção de cartaz com o símbolo nacional da campanha de prevenção - a FLOR de MÃO.

 
Com o 1º ano e 2º ano, foi abordado também o livro infantil chamado: PIPO E FIFI – Prevenção da violência sexual na infância, com a realização de atividades com desenhos das pessoas na qual confiam e a confecção de cartazes sobre os direitos da criança, em especial ao direito de BRINCAR, e também alertando e dizendo que chega de violência.
 
-----
 
Com o 3º ano, foi trabalhado o filme educativo: O SEGREDO, no qual aborda os conceitos e situações de exploração sexual infantil. Após o filme, foi debatido com os alunos e refletido as principais situações que ocorrem o abuso e a exploração sexual infantil.

As atividades citadas acima foram desenvolvidas pelos Professores de Educação Física e Arte - João Henrique Umbelino de Araújo e Elci Tomaz Caparroz, respectivamente -da Escola M. Professor Flávio Sarrão, com acompanhamento e orientações da equipe pedagógica e direção da escola e apoio e iniciativa do CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cruzeiro do Sul.

 

Já com o 4º e 5º ano, a Psicóloga Luciane Udenal, do Departamento de Saúde, realizou uma palestra a respeito do tema da semana, bem como a orientação e os questionamentos para prevenir ou até mesmo denunciar situações de abuso e exploração sexual infantil.

---
Sendo assim, durante a semana a escola, os professores, funcionários, membros do CMDCA e Profissionais do Departamento de Saúde realizaram um trabalho de conscientização e alerta para com o abuso e a exploração sexual infantil.