ENTREVISTA

Padre Antonio

NOME - FILIAÇÃO - DATA E LOCAL DE NASCIMENTO?

Antonio Carlos da Silva, filho de Valdemar Pereira e Dalila Santiago, possui 05 irmãos, nascido em 13 de Novembro de 1970 na cidade de São João do Caiuá.

SER PADRE – QUANDO E COMO FOI ESTA DECISÃO EM SUA VIDA?

Desde criança já sentia o chamado de Deus.

FOI PÁROCO EM QUAIS PARÓQUIAS?

Fui vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora da Liberdade e comunidade Nossa Senhora do Rosário em Maringá, Paróquia Nossa Senhora da Esperança em Sarandi, Paróquia Nossa Senhora das Graças também em Sarandi e atualmente aqui na Paróquia São Judas Tadeu e Capela Imaculada Conceição de Uniflor.

QUAL É O SEU MAIOR DESEJO?

O meu desejo é o mesmo desejo do filho de Deus, que todos tenham vida e a tenham em abundancia.


COM RELAÇÃO AS OUTRAS RELIGIÕES – SUA OPINIÃO?

Leitura de Lucas 6,46-49 – “Por que me chamais: Senhor, Senhor... e não fazeis o que digo? Todo aquele que vem a mim ouve as minhas palavras e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante. É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou bem fundo e pos os alicerces sobre a rocha. As águas transbordaram, precipitaram-se torrentes contra aquela casa, e não a puderam abalar, porque ela estava bem construída. Mas aquele que as ouve e não as observa é semelhante ao homem que construiu a sua casa sobre a terra movediça, sem alicerces. A torrente investiu contra ela, e ela logo ruiu; e grande foi a ruína daquela casa”.

Esse trecho do evangelho mostra que Deus único e verdadeiro não é o autor de tantas religiões e crenças. Na pluralidade de tantos credos, vemos muitas ilusões e enganos de interpretação da fé. “Na plenitude dos tempos, Deus Pai enviou seu Filho Jesus Cristo”. Só o que Cristo transmitiu aos Apóstolos, e o que se herdou deles sem interrupção na Igreja Católica, é verdade revelada, portanto, digna de fé. Muitas são as religiões e seitas que existem, mas só uma tem fundamento, ou firmeza: a que vem de Jesus Cristo, Filho de Deus vivo e presente em nossa vida. Se não tivermos uma base forte, que começa em nossa família, seremos com uma torre fraca, sem resistência, que pode cair a qualquer momento. Temos de ser altos e sólidos, isto é, viver em sintonia com nossa fé no Deus verdadeiro.

A Sagrada Escritura é uma fonte de iluminação e energia. Vivemos numa época de muitas propostas de crenças e práticas religiosas. Não se pode negar a liberdade às pessoas; e cada um escolhe o que lhe parece mais consistente ou concreto. Diante das Igrejas pseudocristãs (que se dizem cristãs, mais na verdade não são) e de outras tão diversificadas, a Igreja católica confessa reconhecer nelas valores, que são como sementes do verbo de Deus, no dizer dos Santos, Padres. Mas lamenta a confusão de idéias errôneas que não pode, de forma alguma, aceitar. Muitas pessoas que crêem em Deus verdadeiramente dizem que há muitas religiões, mas Deus é o mesmo, embora isso não seja correto. Como vimos, existem muitas diferenças entre religiões e a única e verdadeira foi deixada por Jesus Cristo, Filho de Deus. É correto, sim, dizer que há um só Deus, para as religiões que aceitam e acreditam no Filho de Deus e na Santíssima Trindade, “Pai, Filho e Espírito Santo”.



Mas não basta crer, é preciso viver a fé e vivê-la em santidade. Daí a exigência dos mandamentos e da moral que a Igreja prega. Devemos conhecer a nossa religião. Para isso é necessário estudo, engajamento e compromisso com a comunidade. Devemos professar nossa fé no Deus uno e trino que se revelou aos patriarcas e aos profetas como Deus Criador e Senhor de tudo que existe.

A vontade de Deus é a unidade de toda a humanidade dispersa. Por isso enviou seu filho amado, que as vésperas do Sacrifico da Cruz pediu ao Pai pelos seus discípulos e por todos que acreditarem nele “Para que sejam um” (Jo 17,21). Este pedido de Jesus é essencial para o mundo de hoje. Por isso eu como Padre e baseado nos ensinamentos do Concílio Vaticano II, devo me empenhar para que de fato haja unidade entre os irmãos (humanismo). A missão de reconstruir a unidade da Igreja de Cristo pertence a todos os fieis, pastores e rebanhos convocados pelo Espírito de Deus a fazer o possível para que se recomponha os laços de união entre todos os cristãos e cresça a colaboração entre os discípulos de Cristo.

SOBRE AS PESSOAS QUE O CERCAM (FUNCIONÁRIOS DA PARÓQUIA, COLABORADORES, AMIGOS, ETC)?

Procuro observar os dez mandamentos de um bom líder, que são:
I – Respeitar o ser humano e crer nas suas possibilidades, que são imensas;
II – Confiar no grupo, mais em si mesmo;
III – Evitar críticas a qualquer pessoa em público, procurando sempre elogiar, diante do grupo, os aspectos positivos de cada um;
IV – Estar sempre dando o exemplo, em vez de ficar criticando todo o tempo;
V – Evitar dar ordens, procurando a cooperação de cada um;
VI – Dar a cada um o seu lugar, levando em consideração os seus gostos, interesses e aptidões pessoais;
VII – Evitar tomar, mesmo de maneira provisória, a iniciativa de uma responsabilidade que pertence a outrem, mesmo pensando que faria melhor; no caso de chefes que lhe são subordinados, evitar <<passar por cima>> deles;
VIII – Consultar os membros do grupo, antes de tomar uma resolução importante, que envolva interesses comuns;
IX – Antes de agir, explicar aos membros do grupo o que vai fazer e por quê;

RELATE SOBRE AS AÇÕES EM CRUZEIRO DO SUL FRENTE A PARÓQUIA?

Sobre o prédio da Igreja, informo que foi realizado a reforma do piso e pintura externa e interna, também foram feitas as pinturas sacras, toda a instalação de iluminação da Igreja, a casa paroquial foi murada, também foram comprados móveis para a casa paroquial, foi reformado o centro catequético onde também foi feita a instalação da secretaria e salas de atendimento para o pároco e para atendimento de psicólogo. A paróquia adquiriu um carro 0 Km, também adquiriu um computador novo para a secretaria paroquial.


QUAL MENSAGEM O PADRE ANTONIO DEIXA PARA OS LEITORES?

Árvores de Sonhos

Havia, no alto da montanha, três pequenas árvores que sonhavam o que seriam depois de grandes. A primeira, olhando as estrelas, disse: “Eu quero ser o baú mais precioso do mundo, cheio de tesouros. Para tal, até me disponho ser cortada”. A segunda olhou para o riacho e suspirou: “Eu quero ser um grande navio para transportar reis e rainhas”. A terceira árvore olhou o vale e disse: “ Quero ficar aqui no alto da montanha e crescer tanto que as pessoas, ao olharem para mim, levantem seus olhos e pensem em Deus”. Muitos anos se passaram e certo dia vieram três lenhadores pouco ecológicos e cortaram as três arvores, todas ansiosas em serem transformadas naquilo que sonharam. Mas lenhadores não costumam ouvir nem atender sonhos!... Que pena!
A primeira árvore acabou sendo transformada num coxo de animais, coberto de feno. A segunda árvore virou um simples pequeno banco de pesca, carregando pessoas e peixes todos os dias. E a terceira, mesmo sonhando em ficar no alto da montanha, acabou cortada em grossas vigas e colocada de lado num depósito. E todas as três se perguntavam desiludidas e tristes: “Para que isso?” Mas, numa certa noite, cheia de luz e de estrelas, onde havia mil melodias no ar, uma jovem mulher colocou seu bebê recém nascido naquele coxo de animais. E de repente, a primeira árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo...
A segunda árvore, anos mais tarde, acabou transportando um homem que acabou dormindo no barco, mas quando a tempestade quase afundou o pequeno barco, o homem levantou e disse: “Paz! E num relance, a segunda árvore entendeu que estava carregando o Rei dos céus e da terra.
Tempos mais tarde, numa sexta-feira a terceira árvore espantou-se quando suas vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. Logo, sentiu-se horrível e cruel. Mas, logo no domingo, o mundo vibrou de alegria e a terceira árvore entendeu que nela havia sido pregado um homem para a salvação da humanidade e que as pessoas sempre se lembrariam de Deus e de Jesus Cristo ao olharem para ela. As árvores haviam tido sonhos... Mas a sua realização fora mil vezes melhor e mais sábia do que haviam imaginado.
Não importa o tamanho de teu sonho. Acreditando nele, a vida fica sempre mais bonita.

Missa celebrada no dia 14 de Outubro de 2007
<><>
<><>
<><>
<><>
<><>
<><>
<><>

Fotos do Interior da Igreja São Judas Tadeu
<><>
<><>
<><>


Fotos do Exterior da Igreja São Judas Tadeu

<>