Notícias

Vereadores economizam e devolvem mais de R$ 300 mil a Prefeitura Municipal


A Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul devolveu no dia 22 de Dezembro de 2020, recursos financeiros no valor de R$ 305.918,05 aos cofres do Município. O ato aconteceu no Gabinete do Poder Executivo, em presença do senhor Ademir Mulon, Prefeito Municipal; senhor Dirceu Vicente, Diretor de Finanças e do Prefeito eleito Marco César Sugigan.

A entrega foi feita pelo então presidente Vereador Demilson Alves da Silva (PP) que assumira a Presidência a partir de 1º de dezembro, acompanhado da ex-presidente Vereadora Sônia Senra e dos Vereadores Milton Aparecido Andrade da Fonseca PMDB), 1º Secretário; Milton Monteiro (PSDB), Vice-Presidente; Eris Luiz dos Santos (PSDB), Tesoureiro; Renato Zambom (PTB); José Machado da Costa (PP); Carlos Faustino dos Santos (PT) e Celso Alves de Figueiredo. Na ocasião, o presidente Vereador Demilson Alves da Silva, esclareceu que se sentia honrado em ocupar a Presidência e que os recursos que estavam sendo devolvidos representavam os frutos de uma Casa de Leis que, sob o comando da ex-presidente Sônia Senra, com o apoio de todos os pares da Casa Legislativa, trabalhou com austeridade, economia e compromisso com os recursos públicos o que possibilitou a economia que estava sendo devolvida para que o Chefe do Poder Executivo Municipal.

Enfatizou que num momento de crise financeira pela qual passam a maioria dos Municípios brasileiros, o Prefeito poderia honrar compromissos com os servidores que estarão recebendo o 13º salário, além de fornecedores. Agradeceu a todos os pares e desejou êxito no final do mandato ao Prefeito Ademir Mulon e sua equipe. Ensejou um profícuo trabalho ao novo Prefeito Marco César Sugigan e ao seu Vice-Prefeito Waldemir Natal Marion que assumirão o comando do Município a partir de 1º de janeiro de 2021.

O Prefeito Ademir Mulon enfatizou que o Poder Legislativo, em todos os mandatos, sempre repassou recursos, através de sua economia, para que a administração pudesse destiná-los de forma responsável, com vistas ao bem-estar da população que deve ser o foco maior de toda administração pública. Isso demonstrava harmonia e respeito para com aqueles a quem representavam.


Fonte: Jornal "O Regional" - Edição: 3265 - Pg 06